29 de Março de 2017,

Cidades

A | A

Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 17h:48 | Atualizado:

Auditores evitam erros ao responder a 1.346 consultas pelo canal "Pergunte à CGE"

Auditores da Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) responderam a 1.346 consultas das secretarias e entidades do Governo de Mato Grosso pelo canal “Pergunte à CGE” em 2016. O quantitativo é 15,6% superior aos questionamentos respondidos no ano de 2015 e segue tendência de aumento no número de consultas registradas no canal. 

O “Pergunte à CGE” é uma ferramenta de contato direto com o servidor público estadual via site www.controladoria.mt.gov.br para solicitação de orientação e esclarecimentos sobre assuntos de gestão administrativa (financeiro, contabilidade, aquisições, pessoal, convênios, obras etc) de entendimentos pacíficos no âmbito da Controladoria. A ideia é facilitar a vida dos servidores com respostas rápidas e objetivas.

Para o secretário-adjunto de Controle Preventivo da CGE, José Alves Pereira Filho, o quantitativo de consultas via canal evidencia a evolução da Controladoria no cumprimento de seu principal papel: orientar os servidores que atuam em atividades administrativas e prevenir a ocorrência de erros na aplicação dos recursos públicos.  

“O quantitativo de consultas demonstra a qualidade das respostas dos auditores e a confiança dos órgãos nas orientações da CGE. As secretarias têm enxergado cada vez mais a Controladoria como órgão consultivo. Nosso principal desafio não é fazer apontamento de erros, mas evitar que eles aconteçam. Nesse contexto, se as perguntas não tivessem sido feitas, as chances de erros seriam maiores”, argumenta o adjunto.

Em 2015, os auditores do Estado responderam a 1.164 questionamentos pelo “Pergunte à CGE”. O quantitativo foi um marco histórico já que representou 132% a mais dos (500) questionamentos respondidos em 2014 e quase se igualou ao total de (1.293) consultas atendidas no acumulado dos anos de 2012 a 2014.  “As perguntas servem de parâmetro para a realização de capacitações e emissão de orientações técnicas de caráter geral a todos os órgãos”, salienta o adjunto. 

Funcionamento

As consultas via "Pergunte à CGE" são respondidas diretamente no e-mail do solicitante. O canal é regulamentado pela Portaria 04/2013-AGE, a qual estabelece o prazo de 48 horas para retorno das respostas. Entretanto, em eventual impossibilidade de retorno no prazo estabelecido devido à complexidade da solicitação, o auditor informa o solicitante, via e-mail, do novo prazo para resposta.  

As perguntas nas quais a equipe responsável entender ser de alta complexidade ou havendo a necessidade de analisar o caso concreto, o auditor plantonista solicita ao consultante que formalize o questionamento via ofício para emissão de Parecer de Auditoria. 

A fim de agilizar ainda mais o atendimento, a CGE prepara a compilação das demandas mais frequentes registradas no canal para disponibilizar as perguntas e as respostas no site da instituição. 

O canal “Pergunte à CGE” está disponível no endereço eletrônico www.controladoria.mt.gov.br , no menu Serviços/Consultas.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS