15 de Dezembro de 2017,

Cidades

A | A

Quarta-Feira, 06 de Dezembro de 2017, 11h:31 | Atualizado:

EDUCAÇÃO

Estado anuncia escola militar em Primavera


PRIMAVERA

taques-escola.jpg

 

O Governo de Mato Grosso anunciou a criação de uma Escola modelo de Gestão Militar em Primavera do Leste (231 km ao sul de Cuiabá) em 2018. A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) também assinou a ordem de serviço para a retomada da reconstrução da Escola Estadual Sebastião Patrício, construção de uma unidade no bairro Residencial Guterres e um convênio com a Prefeitura do município para que a rede municipal também conte com o sistema de matrícula web.

O anuncio foi realizado pelo governador Pedro Taques, pelo secretário da Seduc, Marco Marrafon e pelo prefeito de Primavera do Leste, Léo Bortolin, na tarde desta segunda-feira (04.12), durante uma visita ao espaço que abrigara a nova escola estadual no bairro Gutierres.

Conforme o governador, a Prefeitura do Município irá ceder um terreno e também uma quadra poliesportiva no bairro para a criação da unidade escolar. “Em 120 dias já devemos estar concluindo a obra e entregar esta escola para o ano letivo de 2018”.

O secretário Marrafon explicou que a unidade conta com um modelo diferenciado o que facilitará a obra. O projeto já foi licitado e deve ser entregue nos primeiros meses de 2018. “A escola é toda modular, o que acelera o processo de instalação e organização da unidade. Serão com 12 salas, completamente climatizada, com uma capacidade de atender 360 alunos por turno”.

De acordo com o prefeito Léo Bortolin, a unidade irá beneficiar diretamente a região do Gueterres, Arara Azul e Tuiuiu, melhorando a condição do transporte escolar para mais de mil famílias. “Era uma necessidade da região que foi recentemente criada e é uma satisfação estarmos visitando o local que partir de janeiro irá sediar uma escola de ensino fundamental 2 e ensino médio”.

Segundo o prefeito, a Seduc também assinou um convênio para utilizar o sistema de matrícula web utilizado pelo Estado e acabar com as filas nas unidades escolares.

Durante a visita, o governador e o secretário também aproveitaram a oportunidade para assinar a ordem de serviço para retomada da reconstrução da Escola Estadual Sebastião Patrício. A unidade contará com 12 salas de aula e capacidade para atender 1.080 alunos.

Escola Militar

O Governo também anunciou a criação de uma escola modelo de gestão militar no município. Conforme o governador Pedro Taques, após mais de 30 anos da criação da primeira escola militar de Mato Grosso, a Seduc, em parceria com os municípios e a Secretaria de Estado de Segurança Pública, lançou mais quatro unidades em Confresa, Juína, Nova Mutum e Sorriso. “É um pedido da comunidade e nós ficamos muito felizes em poder atender, o local de funcionamento da escola ainda não foi definido, mas esperamos em breve ter isto já acertado”.

A Escola funciona integrada com a Sesp – e tem como objetivo contribuir no processo de formação do cidadão. A escola segue a matriz curricular na rede estadual, com o desenvolvimento nos alunos do sentimento de amor à Pátria, da sadia mentalidade de disciplina consciente, do culto às tradições nacionais, regionais e do respeito à cidadania e aos direitos humanos.

É permitido aos militares ministrarem aulas na educação básica, desde que devidamente habilitados para docência nas áreas específicas, conforme os procedimentos para atribuição adotados pela Seduc.

As escolas militares também fazem parte do Pró-Escolas, maior programa de investimentos da história da educação estadual, com um orçamento de mais de R$ 360 milhões. O principal objetivo da iniciativa é a melhoria do nível de aprendizagem, além da redução da evasão escolar em Mato Grosso.

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Cuiabano | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 12h43
    2
    0

    Muito bom. Parabéns pela iniciativa, um grande problema da educação básica no Brasil é a falta de disciplina dos alunos, que não aprendem em casa.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS