19 de Novembro de 2017,

Cidades

A | A

Segunda-Feira, 17 de Julho de 2017, 15h:25 | Atualizado:

Pronto Socorro define novos membros para Comissão de Ética Médica

Os profissionais da área médica do Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá elegeram na sexta-feira (14) os seis novos nomes que irão compor a ‘Comissão da Ética Médica’ da unidade para o próximo biênio iniciado imediatamente a partir da data da eleição.  Dentre os seis profissionais que disputaram o processo eleitoral, necessário em instituições que possuem de 31 a 999 médicos, elegeu-se presidente o médico plantonista da UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e sala vermelha, Diogo Roberto Lourenço Iglesias, com 14 votos.

A Comissão é composta por no mínimo quatro membros, após o presidente, ficaram aptos para assumirem as posições de titulares, os três mais votados respeitando a ordem crescente de votos. Os médicos Douglas Saldanha Pereira com 10 votos, Karla Lorena dos Santos com 06 e Demian Miziara Amaral com 04. Marcelo Diesel também com 04 votos e Fabian C. Navarros com 03 foram eleitos membros titulares.

Os componentes terão a missão de colaborar com o Conselho Regional de Medicina na tarefa de educar, discutir, divulgar e orientar os profissionais sobre temas relativos à ética médica. Também atuarão de forma preventiva na conscientização do corpo clínico da instituição quanto às normas que disciplinam o seu comportamento ético e no combate ao exercício ilegal da medicina. Além disso, deverão promover debates sobre os temas pertinentes à carreira inserindo-os como atividades regulares do corpo clínico do PS visando também à orientação dos pacientes.

Eleita 2ª titular, Karla Lorena dos Santos reforça que também é conduta da Comissão de Ética investigar quadros de óbitos suspeitos. “Além do bom andamento do corpo clínico, será nossa missão intervir quando alguma conduta sair do padrão a exemplo casos de óbitos suspeitos e possíveis erros médicos.  Por isso, é fundamental para nós profissionais e para os pacientes ter a Comissão atuante”, frisou.

Dentro dessa premissa e enfatizando que a ética é parte da filosofia responsável pela análise dos princípios que motivam, disciplinam e orienta o comportamento humano, refletindo diretamente em normas e valores, o novo presidente pontua que está contente por começar um ciclo de trabalho dentro da Comissão no PS. “Espero representar de forma íntegra e justa os valores humanos ao longo de meu período frente à presidência da Comissão, pensando sempre no bem estar dos profissionais e principalmente dos pacientes”, concluiu Diogo.

A eleição foi acompanhada por representantes do Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso que oferecerá suporte jurídico e técnico aos membros  da Comissão quando solicitado.

 

 

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS