29 de Abril de 2017,

Cidades

A | A

Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 17h:49 | Atualizado:

JANGADA

Taques entrega casas e lança obras

taques-jangada.jpg

 

Diante de uma plateia lotada, o governador Pedro Taques fez nesta quinta-feira (20.04) a entrega simbólica das chaves aos moradores das 100 casas do Residencial Altos Passa Três, em Jangada, construído pelo programa federal “Minha Casa, Minha Vida” ao custo de R$ 6,7 milhões, sendo R$ 789,6 mil a contrapartida do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cidades (Secid - MT). Durante a solenidade, o governador ressaltou outros benefícios para Jangada, como as construções de mais 50 casas no mesmo residencial e de uma praça, aguardada há 50 anos pela população, além da reforma da escola municipal. 

“Com a participação do governo do Estado, estamos entregando casas, algumas delas para Portadores de Necessidades Especiais. É uma alegria entregar uma casa como esta, é uma casa simples, mas que dará dignidade àqueles que mais precisam. Além disso, nós estamos reivindicando junto à Caixa Econômica Federal - o pedido já está lá - mais 50 casas aqui neste residencial. Assumimos o compromisso com o prefeito, com o vice-prefeito, com os vereadores e com a população de construir uma praça no valor de R$ 745 mil e também na reforma da escola municipal”. 

Para tanto, o governador enfatizou o apoio da Assembleia Legislativa. “Agradeço aos deputados estaduais Eduardo Botelho, Guilherme Maluf e Wilson Santos que vão assegurar emendas para a construção da praça e reforma da escola”. 

Taques lembrou a demora na conclusão do Residencial, que começou em 2014 mas só ganhou impulso quando ele assumiu o governo e colocou a contrapartida do Estado. “Há quanto tempo vocês estão esperando esta casa? Agora estão recebendo, comemorem”. 

O governador reafirmou o compromisso com municípios da Baixada Cuiabana, como, por exemplo, Acorizal, Rosário Oeste, Barão de Melgaço, Livramento, Poconé, e a própria Jangada. “Em Mato Grosso, nós temos muito orgulho dos municípios que produzem muito, como Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Campo Verde, mas não podemos esquecer dos municípios do Vale do Cuiabá. Eu, como governador, tenho compromisso com Jangada, com Acorizal, com Rosário Oeste, com Livramento, com todos da Baixada Cuiabana”.  

Prefeito de Jangada, município de oito mil habitantes, Ederzio de Jesus Mendes, o Garrincha, agradeceu ao empenho do Governo do Estado e da Caixa Econômica Federal (CEF). “Viemos com um intuito novo de governo, um governo de transparência e quando assumimos queríamos que a Caixa entregasse as casas com transparência. Alguns podem não ter entendido, mas fizemos uma inspeção com o único intuito de entregar as casas com qualidade para os moradores”. Ele também aproveitou para selar um compromisso com o governador. “A cada investimento que o Governo do Estado fizer em Jangada a prefeitura vai colocar 10% de contrapartida”. 

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, disse que comunga da alegria dos moradores que receberam as casas porque passou uma situação similar na década de 80. “Não tínhamos onde morar e, em 1981, eu e minha mãe conseguimos uma casa por um programa também. Minha mãe mora lá até hoje. Passando por isso, sei o quanto ficamos gratos pela oportunidade”. 

O deputado estadual Wilson Santos elogiou a postura do prefeito Garrincha de cobrar insistentemente o Executivo Estadual. “Quando estava na secretaria ele ligava de manhã, de tarde e de noite. Em 100 dias de governo ele está entregando 100 casas nesta parceria com o Governo do Estado”. 

Animado com as obras de infraestrutura pelo Estado, o deputado estadual Guilherme Maluf frisou que logo o governador estará entregando residenciais em outros municípios. O programa Minha Casa, Minha Vida prevê mais de 14 mil moradias em 99 municípios mato-grossenses, construídas com contrapartida do Governo do Estado que chega a R$ 61 milhões.

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • cidinha | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 18h09
    3
    0

    É governador, tem que construir casas também aki e existe muita gente morando de aluguel, 100 ter condições de pagar e muito - de comprar 1 casa, olhe para essas pessoas existe tantos terrenos que dizem que é do governo , porque não investe; também existe aquelas moradia da época do "Mauro Mendes, vai deixar acabar com tanta gente precisando. ... porque tanta BUROCRACIA. ....

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS