26 de Outubro de 2014,

Cidades

A | A

Sexta-Feira, 07 de Março de 2014, 09h:19 | Atualizado:

FAZENDA

Vaqueiro sofre ataque de onça e é salvo por cães


CÁCERES

onca-braco.jpg

 

Um trabalhador de uma fazenda na região de Cáceres, a 250 km de Cuiabá, foi atacado por uma onça-pintada nesta quinta-feira (6) e teve fraturas no braço esquerdo. Segundo um amigo, a vítima foi salva das garras do animal pelos cães que a acompanham na lida com o gado. "Eles [cães] começaram a morder a onça e ela o deixou para atacar os cachorros", disse Celso Santiago.

João Pires de Souza, de 46 anos, está internado no Hospital Regional de Cáceres e passou por uma cirurgia no braço, como informou a unidade de saúde. Celso contou que o amigo estava no pasto junto com outros vaqueiros procurando um potro que estava desaparecido, quando sentiu um forte odor.

Ele imaginou que pudesse se tratar dos restos mortais do cavalo. "Ele se distanciou cerca de 20 metros dos companheiros para verificar o que estava causando o mau cheiro e encontrou um jacaré morto, que estava sendo comido pela onça. Ao voltar para onde tinha deixado o cavalo, se deparou com a onça", afirmou.

Para tentar se proteger, a vítima o braço na frente do rosto, o que causou os ferimentos. Depois que os cachorros começaram a atacar a onça, o animal subiu em uma árvore. No entanto, ao ver que José estava saindo, ela desceu e tentou atacá-lo novamente. Nisso, os companheiros de trabalho da vítima se aproximaram após ouvirem os gritos do vaqueiro e latidos dos cães. "Acho que ela [onça] se assustou e foi embora", disse Santiago.

"Se não fosse pelos cachorros, ele [José Pires] teria morrido", avaliou o amigo. Segundo ele, pelo menos oito animais acompanhavam o vaqueiro no pasto nesta quinta-feira. No período chuvoso, os animais costumam sair das beiras dos rios por causa das cheias. "É normal ver onça nessa região, ainda mais por causa das cheias nos rios", pontuou.

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia