17 de Outubro de 2017,

Cidades

A | A

Quinta-Feira, 12 de Outubro de 2017, 08h:30 | Atualizado:

LIXO

Várzea Grande investe em coleta seletiva

coleta-seletiva.jpg

 

Desde a última terça-feira a cidade de Várzea Grande deu o pontapé inicial para a coleta seletiva na cidade. O município colocou em atividade o projeto “Seja amigo do catador” que visa à promoção de uma mudança de hábito e de comportamento da sociedade que contribuirá na diminuição da degradação do Meio Ambiente e dessa forma também, gerar renda aos catadores da cidade. 

O secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana Breno Gomes confirma que a separação dos materiais recicláveis começou no Bairro Nova Várzea Grande. A escolha da localidade segundo ele foi tomada em conjunto com o Ministério Público. 

“Na prática as coletas regulares ocorrem na segunda, quarta e sexta-feira. A coleta seletiva será adotada nas terças e quintas-feiras. A prefeitura disponibilizará a embalagem adequada para separar o lixo reciclável que deve ser separada pelo morador e nos dias determinados a coleta do material reciclado será feita”, diz. 

Como a ação depende da mudança de hábito dos moradores, o secretário afirma que deve ser um trabalho que não surtam resultados imediatos. Mas ele confirma que a secretaria vem fazendo um trabalho educacional junto às igrejas, às escolas e a população em geral. 

“Estamos fazendo um trabalho de conscientização da população sobre a importância da coleta seletiva. Esse é um processo lento. Mas com certeza a população vai entender a importância de contribuir para o trabalho dos catadores retirando eles do lixão e também a contribuição ao meio ambiente”, explica Breno Gomes. 

O projeto é uma idealização da Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana e conta com a parceria do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, empresa Locar e Associação dos Catadores de Material Reciclável de Várzea Grande – ASSCAVAG. Será feito um estudo dos primeiros 30 a 45 dias da coleta seletiva para chegar aos resultados e caminhos a serem seguidos. Breno Gomes ressalta que já há estudo para levar em seguida aos bairros Jardim Imperador e Jardim Aeroporto. 

Para o Secretário Breno Gomes, a conscientização por meio da educação ambiental é importante e mais eficaz. “As pessoas precisam reconhecer que é necessário fazer o descarte correto do resíduo em seu dia a dia. É uma atitude simples que contribui com o meio ambiente. O projeto faz parte do Plano Sustentável para Mobilidade Urbana e será levado a todos os outros bairros da cidade. O processo de separação do lixo é importante para o meio ambiente, pois auxilia na preservação do solo e da água, bem como na limpeza da cidade”, ressaltou. 

Os materiais reciclados são papéis, copos descartáveis, papelão, jornais, latas, embalagens, revistas, entre outros, que serão recolhidos pela Associação, que fará a seleção e ficará responsável pela sua reciclagem. 

CUIABÁ 

A coleta seletiva também deve ser prioridade em Cuiabá com o lançamento do novo processo licitatório para escolher a empresa que deve atuar após o término do contrato com a Locar, que atualmente fica responsável pelos serviços. O novo contrato deve custar aproximadamente R$ 30 milhões por ano para o município. A empresa que assumir, além das habituais coletas, deve instalar lixeiras subterrâneas (até 160 por ano) e implantar a coleta seletiva em Cuiabá. A projeção é que seja pago de R$ 145 a R$ 160 a cada tonelada. Hoje Cuiabá produz em média 580 toneladas ao dia e 15 mil ao mês. 

 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Carlos | Quinta-Feira, 12 de Outubro de 2017, 20h32
    2
    0

    Pode investigar foi preço superfaturado

  • José Eustáquio Pulula da Silva | Quinta-Feira, 12 de Outubro de 2017, 19h04
    1
    0

    Prefeita Lucimar Campos trabalha cada vez mais para a felicidade do povo que a escolheu para administrar a cidade com uma aprovação de aproximadamente 80% dos votos nas últimas eleições. É óbvio que, uns gostam, outros não ( nem Jesus Cristo agradou a todos), mas, como contra fatos não tem argumentos, a aprovação popular diz tudo

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS