15 de Dezembro de 2017,

Mundo

A | A

Quarta-Feira, 06 de Dezembro de 2017, 22h:47 | Atualizado:

TIRO NA CABEÇA

Capitão é suspeito de matar a namorada

CAPITAO.jpg

 

O Ministério Público denunciou, nesta quarta-feira (06), o capitão da Polícia Militar Allisson Wattson da Silva Nascimento pelo assassinato da namorada Camilla Pereira de Abreu. O inquérito da morte indiciou o acusado por três crimes: feminicídio, ocultação de cadáver e fraude processual.

De acordo com o promotor a entrega do inquérito foi feita pelo Ministério Público para o poder Judiciário na manhã desta quarta-feira. O feminicídio é uma qualificadora do homicídio, incluída no código penal em 2015, que leva em conta as condições em que a morte aconteceu. O crime é classficado como feminicídio quando ocorre pela condição do sexo feminino, havendo violência doméstica ou familiar ou ainda menosprezo ou discriminação à condição da mulher.

O crime aconteceu na madrugada do dia 26 de outubro, quando Camilla foi vista pela última vez. Inicialmente, a família acreditou que a estudante estivesse apenas desaparecida. No entanto, após investigações, a polícia informou que a jovem foi assassinada e iniciou as buscas pelo corpo.

O corpo da vítima foi encontrado no povoado Mucuim, na BR-343, no dia 31 de outubro. A prisão do acusado ocorreu no mesmo dia. De acordo com a Delegacia de Homicídios, o laudo do exame cadavérico da estudante aponta que ela foi morta com um disparo de arma de fogo na cabeça e que o tiro não foi acidental.

A prisão temporária do capitão Allison Wattson foi convertida em preventiva no dia 27 de novembro. Atualmente, ele está no presidio militar à disposição da Justiça, mas também responde a processo administrativo movido pela Polícia Militar para avaliar a conduta do acusado e decidir sobre a expulsão dele da corporação.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • edi | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 11h18
    0
    0

    Verdade. Lesado mesmo. Qual cidade ocorreu o fato….rsrsrsrsrsr

  • Hitler | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 10h41
    0
    0

    Mucuim parece ser no estado do Piaui, de fato muito mal a escrita dessa materia., seguinte que capitão mais covarde,

  • MARIA | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 10h08
    0
    0

    Zona Rural de Terezina - PI

  • Maurício | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 09h58
    0
    0

    Pelo texto, vê-se a idiossincrasia do responsável pela matéria. Pega um texto "flutuando" na grande rede e publica como se seu fosse. Essa é a qualidade dos nossos jornalistas.

  • Justiceiro | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 08h51
    9
    0

    Povo lesado, custa colocar a cidade e estado? Ou teremos que descobrir onde fica o povoado e essa Br?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS