15 de Dezembro de 2017,

Polícia

A | A

Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 20h:30 | Atualizado:

GOLPISTAS

Dupla é presa vendendo carros roubados em Cuiabá

jeep.jpg

 

Mais dois integrantes de uma quadrilha especializada em golpes de venda de veículos roubados foram presos em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, na tarde desta quinta-feira (07.12), em continuidade as investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA).

Entre os presos estão Webster Venancio Campos, 22, e Kátia Inês do Carmo, atuados em flagrante pelos crimes de receptação, adulteração de sinal de veículo automotor, uso de documento falso e associação criminosa, após serem flagrados com um veículo Jeep Renegade com placas clonadas.

Na manhã desta quinta-feira, outra integrante da quadrilha, J.F.S., 24, já havia sido presa por utilizar a conta em que recebia benefício social para filha portadora de necessidades especiais, para movimentar o dinheiro adquirido com a venda dos veículos de origem ilícita.

A prisão do casal aconteceu durante continuidade das diligências para identificar e prender a quadrilha de estelionatários e receptadores de veículos com restrição de roubo e furto. Durante o trabalho, a equipe da DERRFVA recebeu informações de que os suspeitos tentavam vender um veículo Jeep Renegade em uma revenda de automóveis.

A abordagem dos suspeitos aconteceu no cartório, em que seria realizado o reconhecimento de firma do recibo. Em checagem do veículo, foram constatados os sinais de adulteração e questionado o suspeito Webster, confessou que o carro era clonado e que a sua comparsa estava dentro do cartório, tentando autenticar o recibo falso do veículo.

Com a suspeita, foram encontrados documentos falsos e Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV) com registro de roubo da Agência Municipal de Jangada. Em conversa com os policiais, a acusada confessou que venderia o veículo para a revenda de automóveis e que ganharia R$ 1 mil para aplicar o golpe.

Diante dos fatos, o casal e o veículo clonado foram levados a DERRFVA, onde o delegado Afonso Monteiro da Silva Junior lavrou o flagrante contra os suspeitos pelos crimes de receptação, adulteração de sinal de veículo automotor, uso de documento falso e associação criminosa.

As investigações estão em andamento para identificar e prender outros envolvidos nos crimes. 

 

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Vera | Quarta-Feira, 13 de Dezembro de 2017, 13h05
    0
    0

    Porque não mostra a cara da vagabunda

  • Max | Sábado, 09 de Dezembro de 2017, 08h36
    0
    0

    Esta tendo muito golpe no OLX. Fiquem espertos. Investigadores tbem.

  • Racional | Sexta-Feira, 08 de Dezembro de 2017, 19h41
    0
    0

    Esses garagistas dizem ser especialistas em conhecer detalhes e detalhes dos veículos e quase comprou carro clonado.

  • MATHEUS | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 21h38
    7
    0

    Tem que mostrar a cara dos gente boa!!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS