19 de Agosto de 2017,

Polícia

A | A

Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 16h:50 | Atualizado:

TAQUARUÇU

Grupo de encapuzados é responsável por chacina em MT

Região é conhecida por conflitos entre fazendeiros e assentados


Da Redação

policiagleba.jpg

 

Homens encapuzados teriam chegado atirando contra moradores da gleba Taquaruçu do Norte, na área rural do município de Colniza (a 1.065 quilômetros de Cuiabá), na manhã desta quinta-feira (20). O crime culminou em uma chacina que vitimou cerca de dez pessoas, entre elas crianças, adultos e idosos. Os assassinatos teriam sido motivados por conflitos agrários, que permeiam a região.

As informações iniciais apontavam que havia de seis a dez mortos na região. Porém, o número pode ser superior, conforme informaram agentes de segurança que trabalham no município. Além das vítimas fatais, há diversas pessoas feridas e outras desaparecidas. Muitas delas teriam se refugiado na mata, ao notar o ataque dos criminosos.

Informações preliminares, divulgadas pelo Governo do Estado, apontam que a chacina tenha sido feita por um grupo denominado “Encapuzados”, que faz a segurança de fazendeiros da região.

A gleba Taquaruçu do Norte é marcada por insegurança desde o seu surgimento, em razão do conflito agrário que permeia o local. Diversos registros de mortes ocorreram na região, por conta da disputa de terras. Investigações apontaram que tais crimes foram praticados por pistoleiros.

Atualmente, cerca de cem famílias vivem na região, afastada a 200 quilômetros de Colniza. Diversos agricultores da gleba estão ameaçados de morte. O perigo sempre foi relatado por pessoas que vivem com suas famílias no lugar.

Conforme relatos de moradores, a insegurança e o constante medo de serem vítimas de crimes, em decorrência da disputa de terras, é parte do cotidiano das famílias que vivem em Taquaruçu do Norte.

Na tarde desta quinta-feira, após a divulgação da chacina, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) convocou uma força-tarefa para auxiliar nas diligências.

Por ser considerada uma área afastada, as Polícias Civil e Militar do Município recorreram à Sesp para auxiliar no caso. A pasta informou que enviou um helicóptero, que está em Juína, para ir ao local do crime. Porém, devido ao clima, a aeronave ainda não decolou e está aguardando autorização para seguir à região.

“As equipes especializadas da Polícia Militar e da Polícia Civil já foram mobilizadas e colocadas de prontidão para ir até Colniza. Aeronaves estão preparadas no hangar do Ciopaer para decolar até Colniza, contudo, o mau tempo não permitiu o voo ainda, mas assim que tiver possibilidade, os policiais vão embarcar”, disse o secretário de Estado de Segurança Pública, Rogers Jarbas.

VEJA MAIS

Chacina deixa até 10 mortos em região rural de Mato Grosso 

 

 

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • Jr | Sábado, 22 de Abril de 2017, 20h47
    0
    0

    Fazendeiros não são di ferro.. Sentirão o peso. .

  • Cristiane Seixas | Sábado, 22 de Abril de 2017, 14h30
    0
    0

    Alguem tem as imagens dos encapuzados

  • Lúcia | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 23h37
    0
    0

    A mando de Quem?? No Brasil é assim; encobrem suas caras; muito mal contada essa história. #EuNaoConfioNaJustiçaBrasil

  • Lúcia | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 23h36
    1
    0

    A mando de Quem?? No Brasil é assim; encobrem suas caras; muito mal contada essa história. #EuNaoConfioNaJustiçaBrasil

  • Lúcia | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 23h36
    0
    0

    A mando de Quem?? No Brasil é assim; encobrem suas caras; muito mal contada essa história. #EuNaoConfioNaJustiçaBrasil

  • roger | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 21h49
    0
    0

    fernando tem como voce nos mandar esta imagen aqui pra cuiaba ???de watshap

  • Marcos Barriga | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 16h26
    2
    0

    A segurança pública de mato grosso fecha os olhos para o que está acontecendo em Colniza a anos3.

  • | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 16h18
    2
    0

    Terra sem lei, e vai continuar sendo enquanto pessoas como essa CONCEIÇÃO ARAUJO pensar assim, o que tem a ver a queda da ladra da Dilma ou do ladrão do Lula eles só fizeram cagada, incentivando a o aumento do MST, as invasões. A culpa dessas mortes é deles, se tivessem feito algo pelo país não estaríamos assim.

  • joao.rosasilva.js.js@gmail.com | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 12h22
    2
    1

    Quem criou esse tal de MST e os demais não foi esse governo foi o PT esses treze anos no governo eles nunca resolveu isso, eles sempre usaram o povo como massa de manobra.

  • Fernando | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 07h29
    2
    0

    Acabei de ver aqui em Colniza imagem feita pelos próprios assassinos com oito corpos e deles , encapuzados com metralhadora e pistola de grosso calibre. É um claro desafio ao estado e seu governador. Deve ser imagem de whatsapp.

  • Fernando | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 07h29
    1
    0

    Acabei de ver aqui em Colniza imagem feita pelos próprios assassinos com oito corpos e deles , encapuzados com metralhadora e pistola de grosso calibre. É um claro desafio ao estado e seu governador. Deve ser imagem de whatsapp.

  • Fernando | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 07h24
    3
    0

    Acabei de ver aqui em Colniza imagem feita pelos próprios assassinos com oito corpos e deles , encapuzados com metralhadora e pistola de grosso calibre. É um claro desafio ao estado e seu governador. Deve ser imagem de whatsapp.

  • Marta | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 01h03
    1
    0

    Seria muito bom para os monicipio e Estado legalizasse estas terra ai parava com este crime que faz tempo que vem acontecedo e acaba ficando impuni pois eles tem conhecimento de tudo e nada tem feito pois nao e o primeiro que aconteceu

  • Marta | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 01h02
    0
    0

    Seria muito bom para os monicipio e Estado legalizasse estas terra ai parava com este crime que faz tempo que vem acontecedo e acaba ficando impuni pois eles tem conhecimento de tudo e nada tem feito pois nao e o primeiro que aconteceu

  • Joao carlos | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 23h43
    3
    0

    Sera q atacaran a vila do taquarosul tamben ou foi só quen estava na linha 15

  • WILLIAN | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 23h10
    12
    1

    Já trabalhei em colniza,lá o bicho pega. Tem muita pistolagem.Mas se fizer uma boa investigação prende os matadores e a meia dúzia que aterroriza a cidade. São sempre os mesmos. Colniza é um município esquecido pelo governador em todos os sentidos. Lá tem ouro, diamante,muita,muita madeira. Tem alguns rico lá , que construíram fortunas só com. Ações criminosas. Lá quem manda é quem aperta primeiro o gatilho.

  • CONCEIÇÃO ARAUJO | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 20h51
    17
    12

    CREDITO ESSA TREMENDA DESGRAÇA AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA QUE TOMOU O PODER DA PRESIDENTE DILMA, QUE ESTÁ SENDO CONIVENTE COM TODOS OS DESMANDOS DO PAIS. ESSE INFELIZ NUNCA SOUBE O QUE FOI SER POBRE NEM TER NECESSIDADE DE DINHEIRO PA SUSTENTAR A FAMILIA, POIS ESTÁ NA MESMA LISTA DOS OUTROS. O PAIS VAI MERGULHAR CADA VEZ MAIS NESSA DESGRAÇA, POIS TODAS AS AUTORIDADES DO BRASIL SÃO CONIVENTES E OMISSAS.

  • Mussum | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 19h56
    13
    0

    Isso é idnimisivel inaseitavel coisa do cão. Isso tudo que há debaixo do céu pertence a DEUS.

  • ramos | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 19h21
    13
    1

    Assasinos de crianças , idosos e mulheres, o sistema de segurança tem que ir com tudo pra cima desses barbáros!!!

  • alana | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 19h00
    14
    1

    Tem que fazer uma operação gigantesca, sem limitação de recursos e homens para prender o máximo possível deles, e se for o mesmo grupo que faz segurança, ou ao menos um dos seguranças entre eles, pedir a prisão preventiva da cada um dos fazendeiros que tem utilizado seus serviços, e na dúvida ou falta de provada indiciar e denunciar cada um deles por homicídio também. Marcio Martins já foi um absurdo mesmo para sua época no inicio dos anos 90. Porque estão longe da Capital do Estado e de cidades acham que podem fazer o que quer? A resposta tem que ser implacável. E se comprovado o mando, se deveria pedir a expropriação das fazendas dos envolvidos para serem partilhadas como indenização por danos morais para os familiares das vítimas.

  • Alencar | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 17h21
    24
    0

    Tá cheirando estranho? Capuz? Covardes, porque não mostraram a cara, assassinos.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS