22 de Julho de 2017,

Polícia

A | A

Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 08h:16 | Atualizado:

RECEPTAÇÃO

Homem é preso com carro roubado em condomínio em Cuiabá


Da Redação

condominio-lisboa.jpg

 

Um homem de 29 anos foi preso pela Polícia Militar após ser identificado como o condutor que entrou com um carro de passeio roubado e com as placas adulteradas num condomínio localizado no bairro Parque das Nações, na saída de Cuiabá sentido a Chapada dos Guimarães, na madrugada desta quarta-feira (11).

A prisão do suspeito F.F.S. aconteceu após policiais receberem a denúncia de que o veículo Chevrolet Prisma preto, roubado em Várzea Grande, foi avistado entrando no condomínio fechado na Rua seis.

Com posse das informações, uma equipe policial esteve no endereço e encontrou o carro estacionado na garagem usada pelo suspeito. Os PMs subiram até o seu apartamento e o encontraram.

Em sua defesa, o rapaz contou ter comprado o carro pelo valor de R$ 8 mil. Uma busca também foi feita no apartamento e os policiais encontraram dois Iphones, três notebooks, vários chips de operadoras telefônicas, sete relógios de marcas famosas, além de cheques em nomes de outras pessoas e encomendas destinadas a outros endereços.

Por checarem que o homem tem passagens criminais, os policiais deram voz de prisão e o encaminharam junto com os materiais e o veículo apreendido até a Central de Flagrantes, onde foi autuado por receptação.

 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • sara cezar | Quinta-Feira, 12 de Janeiro de 2017, 11h05
    1
    0

    tive meu carro roubado e minha filha sequestrado junto soltaram jogaram ela na estrada de chapada uma semana depois o carro foi recuperado ladrao preso solto tres dias depois e eu gastei pra tirar toda a documentação e meu carro foi clonado e ate hoje tenho que ver as multas pois não posso trocar as placas e tenho dor de cabeça até hoje

  • Pedro Luís | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 10h30
    50
    2

    Coitados desses policiais. Por esta ação eles devem estar presos uma hora dessas. O juiz da audiência de custódia certeza que já mandou soltar o bandido e repreender os policiais por esta ação. Detalhe, segundo a última folha do TJ/MT, o contribuinte pagou 80 mil para o juiz fazer isso com a sociedade.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS