15 de Dezembro de 2017,

Polícia

A | A

Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 09h:51 | Atualizado:

FIM DA AGONIA

Jovem que sumiu após ir para a Síria volta para Cuiabá nesta quinta


Da Redação

julianacruz-sirio.jpg

 

Juliana Cruz, a jovem que foi dada como desparecida após viajar para a Síria já está no Brasil e deve chegar a Cuiabá nesta quinta-feira (7). 

De acordo com informações da assessoria do Ministério das Relações Exteriores, a passagem de volta de Juliana foi organizada pela própria família. Por se trata de um caso especifico que exigiu negociações entre dois países, o Itamaraty informou que evita dar detalhes do caso para não expor assuntos que devem ser tratados em família. 

Juliana que trabalha como auxiliar administrativo na Coordenação Jurídica da AMM (Associação Matogrossense dos Municípios) desapareceu desde o último dia 14 de novembro, após viajar para a Siria. Ela foi localizada, após investigações da Polícia Federal no país do Oriente Médio.

As primeiras informações davam conta que Juliana foi ao país para encontrar com um rapaz, identificado como Sheraz Re. Nas redes sociais, o rapaz faz apologia a armas e aparenta ser de grupo extremista.

Os detalhes de como ocorreu a localização da jovem não foram revelados nem pela família da jovem, nem pelo governo do Brasil.

O Itamaraty não informou em quais condições a cuiabana foi encontrada e garantiu que a boa relação do Brasil com o país serviu para que tudo terminasse da melhor forma. Não houve violência contra ela. 

O sumiço e a repercussão

O caso de Juliana ganhou repercussão após a família denunciar o desaparecimento da jovem, que deveria retornar do país na semana passada. No entanto, não teve mais contato com os familiares.

A AMM informou que prestou apoio ao trabalho da Policia Federal. O notebook utilizado por Juliana na instituição foi fornecido para poder auxiliar as investigações.

 

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • MT | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 22h17
    1
    0

    Não basta os politicos p dar vergonha para MT!!! Ai aparece essa da AMM...

  • gentehonesta | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 13h10
    1
    1

    Grande merda ela voltar!Pra mim ela não passa de uma vagabunda e vcs dando mídia pra ela ah assunto mas sério pra vcs Falarem como a saúde que está falida

  • Atento | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 11h47
    2
    0

    Mas ela utilizava um Notebook funcional para mensagens em Facebook?pode isso Arnaldo?

  • vanderleia popuzuda | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 11h46
    1
    0

    Informações extra-oficiais dão conta que ela esta voltando grávida de gêmeos de um dos membros do Exército Islâmico, consequentemente após o nascimento do bebê o pai virá ao Brasil, mais especificamente a Cuiabá para visitar a sua prole.

  • fabio | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 11h31
    2
    0

    No mínimo fazer ela pagar pelas custas de toda essa epopeia. O povo fugindo da Síria e a pakita querendo entrar. Com certeza achou que ia ganhar vantagens e voltaria rica para o Brasil sqn.

  • pequiroidoatéocaroço | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 11h11
    1
    1

    A Siria tava precisando mesmo de mais canhão!

  • Marques | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 10h57
    4
    1

    DEVERIA SER PRESA...ISSO SIM!!

  • MARCELO - PAGADOR DE IMPOSTOS | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 10h41
    4
    0

    O PIOR É SABER QUE PESSOAS ENTRAM NO BURACO, E AI GASTAM DINHEIRO PÚBLICO PARA RETIRAR, ENQUANTO ISSO A POPULAÇÃO SOFRE COM A FALTA DE SAÚDE.

  • Manoel | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 10h26
    4
    1

    Essa foi longe atrás de um pedaço de linguiça, dando trabalho para as autoridades e família e para ser tratada como lixo...

  • Alencar | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 10h18
    3
    1

    Tem que ser demitida. Inconsequente. Já pensou o aparato que foi disponibilizado para achar essa garota, que estava correndo atrás de homem subversivo. Tá louca.

  • Advogado | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 10h07
    2
    1

    Essa conversa está mal explicada. A Polícia Federal de certo não cairá neste papinho dessa menina.

  • alexandre | Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 09h57
    2
    2

    falta de assunto? já deu...a menina do violino precisa de mídia pra intercambio....

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS