22 de Novembro de 2017,

Polícia

A | A

Segunda-Feira, 13 de Novembro de 2017, 09h:25 | Atualizado:

CIÚMES

Mulher é morta pelo ex na frente da mãe em MT


Da Redação

rita-araputanga3.jpg

 

Uma mulher foi assassinada á tiros na frente da mãe e da irmã na tarde de domingo (12), na cidade de Araputanga (336 km de Cuiabá).  A vítima Rita Jorge da Silva, 34 anos, foi morta dentro de casa a tiros pelo ex-marido. 

De acordo com boletim de ocorrência, o crime ocorreu por volta das 17 horas. A Polícia Militar foi acionada e quando chegou ao local à mulher já estava morta. Um equipe médica chegou à casa e constatou o óbito. 

Segundo a mãe e irmã da vítima, o ex-marido seria o autor do crime. A mãe cotou a PM que a filha havia se separado do genro há algumas semanas. Ela disse ainda que Rita vinha sendo ameaçada e chegou a pedir medida protetiva contra o ex-marido. 

A PM realizou buscas na região, mas o suspeito não foi localizado.  

Este é o segundo caso de feminicídio no Estado em menos de 6 horas. Em Primavera do Leste, um homem matou a ex-namorada com pelo menos seis tiros e atirou num amigo dela.

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Galileu | Quarta-Feira, 15 de Novembro de 2017, 15h40
    3
    1

    Na minha opinião todo caso de feminicídio deveria ser pago com a própria vida. Parece absurdo, mas não é. Senão vejamos, o homicida prevalece da parte mais frágil do ser humano que é a mulher. Nesse caso, não há como a mulher se defender.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS