28 de Julho de 2017,

Política

A | A

Segunda-Feira, 17 de Julho de 2017, 17h:40 | Atualizado:

"SÓ SE TEMER RENUNCIAR"

Emanuel descarta recuar de secretaria dos 300 anos

emanuel-parquedasaguas.jpg

 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), afirmou que não se sente pressionado a recuar da criação da Secretaria Municipal Extraordinária Cuiabá “300 anos” (Sec 300) - e que a probabilidade de que o faça é a mesma de o presidente Michel Temer renunciar à presidência da República.

A afirmação é uma resposta à mobilização de parte dos vereadores e da população, através de uma petição online, que pede o fim da pasta criada pra discutir projetos e ações para o tricentenário da Capital. Isto porque, segundo ele, a mesma terá somente 16 servidores com salários que variam de R$ 3 mil a R$ 12 mil. O gasto anual apenas com a folha de pagamento será de R$ 1,2 milhão.

“A probabilidade de isso [transformar secretaria em comitê] ocorrer é a mesma coisa de Temer renunciar. Se ele renunciar, pode ser que dê para poder mudar”, disse.

A criação da secretaria foi oficializada no último dia 13 e ela terá caráter temporário, com a extinção prevista para o dia 31 de dezembro de 2020.

Segundo o prefeito, a secretaria será um “dos maiores acontecimento da capital”. “Vocês todos vão ficar embasbacados com tantas obras, ações e projetos visando à Cuiabá dos 300 anos, que passa por uma articulação deste pasta com toda a gestão pública municipal e sociedade civil”, afirmou.

Uma coletiva de imprensa será realizada nesta semana para apresentar o novo secretário e a equipe que irá compor a secretaria, além dos projetos e ações a serem executadas.

“A nossa visão para os 300 anos é muito maior que uma visão apenas de festa. As festividades vão acontecer. Será a cereja do bolo. Mas os 300 anos vai muito mais além do que simplesmente comemorações”, reforçou.

Comitê Cuiabá 300 Anos – Ainda segundo o prefeito o “Comitê Cuiabá 300 Anos” que ele já tinha instituído em janeiro, continuará a existir. O comitê está sob a tutela da Secretaria Municipal de Governo e, desde que foi criado, tem a mesma finalidade da atual Sec 300.

“O comitê não é executivo. O máximo que ele pode ser é opinativo e deliberativo. Agora, você precisa ter uma estrutura do Executivo enxuta, leve, articulada, sem orçamento, desmentindo a ideia de que ela é uma nova Secopa”, disse.

Ainda segundo o prefeito, os gastos com os salários dos servidores, em detrimento do comitê, são "pequenos diante da grandeza" que a pasta promoverá. “R$ 1 milhão não são nada. Um evento que eu vou articular para os 300 anos paga 10 vezes. Isso é investimento. Está na hora de dar o boom que Cuiabá precisa ter”, afirmou.

Base unida na Câmara de Cuiabá - Emanuel também comemorou a união da sua base na Câmara de Cuiabá que, por 20 votos a três, aprovou a criação da pasta. Na ocasião, o projeto teve voto contrário apenas dos vereadores Marcelo Bussiki (PSB), Felipe Wellaton (PV) e Gilberto Figueiredo (PSB).

“Foi uma vitória consagradora. Estou muito orgulhoso com minha base. Tem feito tudo para ajudar, destravar Cuiabá e construir esse novo momento da nossa cidade. O presidente Justino [Malheiros] e o nosso líder, Lilo [Pinheiro], têm representado muito bem essa extraordinária base”, encerrou.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • edy marcos | Terça-Feira, 18 de Julho de 2017, 09h52
    0
    0

    Cadê hora estendida, a saúde, redução de violência, pois passa pela responsabilidade da administração pública do município os jovens....Até agora não vi nada que se possa dizer: essa política realmente vai ajudar muitos cidadãos cuiabanos...Só vejo política vai ajudar os peixes, puxa sacos, os acharcadores....

  • Carla | Terça-Feira, 18 de Julho de 2017, 09h29
    0
    1

    Vai peitando a população, vai. As coisas mudaram mto prefeito. Vc não manda e faz as coisas como quer não. Veremos no futuro a nossa resposta pra isso. Vai na prepotencia vai, continua ssim.

  • Pacufrito | Terça-Feira, 18 de Julho de 2017, 09h21
    0
    1

    Se este senhor tivesse moral, ele não teria se aposentado aos 34 anos de idade com dinheiro publico, isto é uma imoralidade, este senhor não tem moral para quase nada, e agora quer cria uma secretária, provavelmente para fazer um cabide de emprego e pendurar nele seus puxa sacos

  • ze messias | Terça-Feira, 18 de Julho de 2017, 09h06
    0
    1

    Ta reclamando que a arrecadação caiu e ainda ta criando secretaria para acomodar os parentes e apadrinhados....... Só em Cuiabá mesmo isso acontece!!

  • Paulo | Segunda-Feira, 17 de Julho de 2017, 22h01
    6
    3

    Faz uma papagaiada dessas de Secretaria e ainda fica fazendo gracinhas......é muita cara de pau mesmo!!!!

  • jose alves silva | Segunda-Feira, 17 de Julho de 2017, 20h16
    6
    3

    quero saber onde eu assino contra essa pouca vergonha e cabide de empregos

  • Siqueira | Segunda-Feira, 17 de Julho de 2017, 18h23
    9
    3

    Fica aqui uma sugestão, contrata como secretario o sr Maurício o homem mas mentiroso ou sr Éder de Moraes.

  • deovaldo | Segunda-Feira, 17 de Julho de 2017, 18h02
    9
    3

    Prefeito alguém disse nem que a vaca tussa e a vaca tussiu ,,,,cuidado com as palavras proferidas ao vento e nós cobraremos

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS