23 de Junho de 2017,

Política

A | A

Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 22h:20 | Atualizado:

TSUNAMI PANTANEIRO

Ex-governador iniciou gravações de conversas em maio de 2014

Silval deve iniciar confissões no próximo dia 16 de maio


Diário de Cuiabá

pensativo-silval.jpg

 

Os vídeos e áudios que o ex-governador Silval Barbosa (PDMB) está disponibilizando ao Ministério Público Estadual e Federal foram gravados a partir de fevereiro de 2014, dez meses antes de terminar a sua gestão à frente do governo do Estado. Silval gravou encontros em seu gabinete no Palácio Paiaguás e em outros locais onde se reuniu com agentes públicos e empresários. 

As gravações se intensificaram ainda mais quando se aproximou a campanha eleitoral de 2014 (maio) e pós-eleição (Novembro de 2014). Todos os depoimentos de Silval Barbosa nas últimas semanas estão sendo coletados pela promotora de justiça Ana Cristina Bardusco Silva, que atualmente coordena o Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (CIRA) no Estado e que foi responsável pelas informações que culminaram na deflagração da Sodoma em 2015. 

O amplo material comprovaria tudo o que o ex-chefe do Executivo mato-grossense vem declarando em seus depoimentos nos últimos dois meses na tentativa de firmar o seu acordo de colaboração premiada que estava dependendo apenas do valor que o ex-governador devolveria aos cofres públicos. Nos últimos dias esse valor ficou fixado em R$ 250 milhões que serão devolvidos em parcelas fixas. 

Outra exigência que também foi acatada por Silval Barbosa, foi a confissão de todas as acusações que foram levantadas durante as cinco fases da Operação Sodoma. A confissão deve ocorrer já no próximo dia 16 de maio, quando a juíza Selma Arruda fará a oitiva com Silval sobre as investigações da quarta fase da Sodoma. 

Preso desde setembro de 2015, Silval deve reverter as suas prisões preventivas para uma prisão domiciliar e algumas restrições com tornozeleira eletrônica, entrega do passaporte e apresentação quinzenal junto ao MPE. O acordo dos benefícios se assemelha aos de outros investigados e delatores da Operação Lava Jato.

O doleiro Alberto Youssef, por exemplo, conseguiu o benefício da prisão domiciliar após dois anos e sete meses de prisão preventiva. Assim como Alberto Youssef, na Lava Jato, Silval Barbosa é considerado peça central das investigações das Operações Sodoma e Seven. O ex-governador Silval Barbosa também revelou em um dos seus depoimentos que todos os recursos que foram levantados através de desvios e irregularidades para pagamentos a empresários e dívidas de campanha, já haviam sido firmados antes de sua gestão como governador, e que apenas cumpriu o que “herdado”. 

Essa parte deverá ser analisada pelo Ministério Público Federal (MPF), devido ao foro privilegiado do ex-governador do Estado e atual ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP), que o antecedeu no comando do Palácio Paiaguás. 

Durante os depoimentos junto ao MPF e MPE, também foram revelados outros episódios nada republicanos, durante o período que Silval era vice-governador e governador do Estado (2007-2014). A relação entre o Executivo e o Legislativo, obras da Copa, programas federais e pagamento de empreiteiras também foram citados. 

 

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • kurika | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 15h23
    1
    2

    A PROMESSA - APOSENTADOS E PENSIONISTAS LUTAM HA MUITO NA JUSTIÇA PELA INCORPORAÇÃO DA VI - GTAF. EM 2010 BLAIRO MAGGI DISSE ESTAR PROPENSO A INCORPORAÇÃO DA VI EM 03 PARCELAS E CRIAR OUTRO SISTEMA DE INDENIZAÇÃO (CIRCUITO MT 04-10/02/2010) E EM 2011 SILVAL BARBOSA CONCEDE “REESTRUTURAÇÃO DE CARREIRA” equivalente 50% da VI) (LEI 9.329/2010 E LC 422/2011) E LOGO DEPOIS POR PÍFEO DECRETO 737/2011 (VIOLAÇÃO DE PRINCÍPIO DA RESERVA LEGAL À LC 169/2004) REDUZ O MESMO VALOR DA VI DERRUBADA PELO NÃO MENOS MSCOLETIVO 122966/2011. CONTRIBUIRIA MUITOCOM A SOCIEDADE E A JUSTIÇA SE ESCLARECESSE A DÚVIDA QUE FICOU: FOI, DE FATO, UMA INCORPORAÇÃO IMPLÍCITA DE 50% DA VI COMO CUMPRIMENTO PARCIAL DA PROMESSA?

  • kurika | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 11h17
    1
    0

    cadê comentário...kurika

  • João José de Rosário | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 10h43
    2
    0

    É o Blairo... o famoso CALDO ??? KKKKKKK O preço do alho tá quase 20 reais... o gás de cozinha 75 reais... começa fazendo um orçamento doméstico....ki bacana !

  • Daniel Boone | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 10h37
    2
    0

    Será que Blairo Maggi foi gravado? Deveria ter começado isso quando era vice de Blairo.

  • Pagador de impostos | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 10h33
    2
    1

    Pelo menos uma vez na vida o seu Silval deu uma bola dentro, ansioso pra saber o conteúdo destes grampos, vai ter um terremoto em MT!

  • Zé Povinho | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 10h19
    4
    0

    E digo mais!!! na minha opinião, ele não vai devolver todo o dinheiro e vai fugir de novo, como foi feito da primeira vez!

  • Zé Povinho | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 10h18
    3
    0

    Silval, Você está de Parabéns!!! mas somente pelas gravações, ok? no mais, você tem que devolver pelo menos duzentos e cinquenta milhões e ficar mais uns oito na gaiola! e olha que a justiça ainda tá sendo boazinha!!!

  • Moisés Gomes | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 10h06
    3
    0

    DEMOROU......está sofrendo na cadeia por querer ser fiel a quem não merece. Se não falar a verdade Silval sera outro João Arcanjo/ vai ficar mais de 15 anos preso e sem usufruir da grana.

  • Carlos Nunes | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 10h00
    3
    0

    Essa Silval resolve...devemos ficar preocupados é com a próxima eleição de 2018. Silval começou a intensificar as gravações quando começaram as campanhas eleitorais de 2014, e no pós-eleição. O que será que vai acontecer antes das campanhas eleitores pra Governador, 2 Senadores, deputados federal e estadual em 2018? É isso que nos deve preocupar bastante. Se houver irregularidades, quem poderá detê-las, pra que não aconteçam mais? Pro Silval a gente só pode pedir uma coisa: CONTE TUDO! SALVE MATO GROSSO! AINDA HÁ TEMPO!

  • Julio Muzzi | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 08h33
    3
    1

    COMO JÁ DISSE: QUEM NUNCA ERROU QUE JOGUE A PRIMEIRA PEDRA. O EX. GOVERNADOR SILVAL BARBOSA COM ESSA ATITUDE DE REVELAR A VERSÃO VERDADEIRA DOS FATOS ESTA REDIMINDO DE UM PASSADO NADA REPUBLICANO, MAS ACIMA DE TUDO AJUDANDO O MPE/MPF/JUSTIÇA A PASSAR A LIMPO A HISTÓRIA RECENTE DE MATO GROSSO. NATURALMENTE A JUSTIÇA IRA PUNIR EXEMPLARMENTE OS DEMAIS CITADOS/ENVOLVIDOS, PARA QUE FATOS DESSA NATUREZA NÃO SE REPITA.

  • Servidor publico | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 08h26
    2
    0

    O Silval até agora havia assumido, calado, a "herança" legada pelo CHEFÃO. PENSO q ele não deveria ter noticiado sobre as gravações. Está à beira de "$ofrer...acidente".Estima-se que os culpados, poderosos JAMAIS serão atingidos. A midia tem mostrado que eztá havendo especie de conivência de quem tem interesse na politica partidaria proxima... Lastima-se...

  • jocadomas | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 07h57
    2
    0

    sempre soube que ele gravava por fontes ligadas ao proprio governo, o cara não é burro

  • kurika | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 07h55
    1
    2

    A PROMESSA - APOSENTADOS E PENSIONISTAS LUTAM HA MUITO NA JUSTIÇA PELA INCORPORAÇÃO DA VI - GTAF. EM 2010 BLAIRO MAGGI DISSE ESTAR PROPENSO A INCORPORAÇÃO DA VI EM 03 PARCELAS E CRIAR OUTRO SISTEMA DE INDENIZAÇÃO (CIRCUITO MT 04-10/02/2010) E EM 2011 SILVAL BARBOSA CONCEDE “REESTRUTURAÇÃO DE CARREIRA” (equivalente 50% da VI (LEI 9.329/2010 E LC 422/2011) E LOGO DEPOIS POR PÍFEO DECRETO 737/2011 (VIOLAÇÃO DE PRINCÍPIO DA RESERVA LEGAL À LC 169/2004) REDUZ O MESMO VALOR DA VI DERRUBADA PELO NÃO MENOS MSCOLETIVO 122966/2011. CONTRIBUIRIA MUITOCOM A JUSTIÇA SE ESCLARECESSE A DÚVIDA QUE FICOU: SE FOI UMA SIMULAÇÃO LEGAL PRA DRIBLAR O EFEITO CASCATA E, DE FATO, UMA INCORPORAÇÃO IMPLÍCITA DE 50% DA VI COMO CUMPRIMENTO PARCIAL DA PROMESSA DE SEU MENTOR? ATUALMENTE TODOS SABEM QUE A VI É SALÁRIO INDIRETO SEM TRANSPARÊNCIA, FUGINDO A RIGOR DO ATO 43/2009 (MICHEL TEMER) DO CONGRESO NACIONAL COM REEMBOLSO MEDIANTE PRÉVIA COMPROVAÇÃO DAS DESPESAS NO PORTAL DE TRANSPARÊNCIA (QUE O DIGAM BEZERRA, CUNHA, MEDIROS COM DESPESAS CITADAS NA MIDIA).

  • Roberto Arruda | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 05h12
    2
    1

    Vai sobrar até pro Ministro Gilmar Mendes, se o MPr e o MPF tiver coragem de seguir com as investigações, vão colocar Gilmar na cadeia, e devolver aos cofres públicos todo dinheiro usado na compra dda UNED!

  • joaoderondonopolis | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 23h22
    80
    3

    É isso aí Silval, você comendo cascuda sem caldo na cadeia e o bacana comendo caviar, agora quero ver ele negar, dormindo com o ar condicionado ligado e Silval com um ventilador de 50cm ainda quebrado e ainda tendo que amarrar para não andar.

  • Jorge Silveira | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 23h02
    62
    6

    Tem que gravar mesmo. Aliás é um exemplo a ser seguido por todos: políticos, empresários, funcionários públicos.... Principalmente quando estão no meio de falcatruas. Vai "ajudar' a diminuir a pena.

  • Sid | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 22h41
    116
    7

    Trairão por isso vc ligou para o Temer né?! Gilmar Mendes deve estar com uma diarreia daquelas essas horas. Blairo nem se fala, agora vamos ver se a carne é fraca ou não. Parabéns Silval que sua atitude traga mais corruptos para a teia do CCC, to cansado ver só vc Eder e o Riva...

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS