20 de Novembro de 2017,

Política

A | A

Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 10h:10 | Atualizado:

TETO DE GASTOS

PEC será votada até 18 de outubro


Gazeta Digital

assembleia-plenario.jpg

 

O presidente da Assembleia Legislativa deputado estadual Eduardo Botelho (PSB) apresentou o cronograma para votação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Teto de Gastos.

Os parlamentares terão até o dia 18 de outubro para aprovar a mensagem em segunda votação e redação final. Quem irá presidir a comissão especial que vai analisar o projeto é o primeiro secretário da Casa de Leis, deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB).

Já o deputado estadual José Domingos Fraga (PSD), irá fazer a relatoria do novo regime fiscal do Estado. Também fazem parte da comissão os deputados Dr. Leonardo Albuquerque (PSD), Janaina Riva (PMDB) e Mauro Savi (PSB).

Pelo Regimento Interno da Casa, após ser lida em sessão, a tramitação da PEC que limita gastos dos Poderes será entregue a Comissão especial criada e aos deputados que terão um prazo de 10 sessões ordinárias para apresentação de emendas. O presidente anuncia na primeira votação as emendas que foram acatadas e os parlamentares têm um prazo de dez dias para opinar sobre a legitimidade das alterações.

Após esse prazo, o projeto é colocado em primeira votação e não é aceito emendas após apreciação da mensagem em primeira discussão. Depois disso, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) faz análise para ir à segunda votação e redação final.  

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Davi | Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 15h55
    3
    0

    Essa sim é a CASA DOS HORRORES.

  • Nilza | Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 13h14
    5
    1

    A REALIDADE É UMA SÓ SENHORES DEPUTADOS A ROUBALHEIRA FOI MONSTRUOSA QUE NÃO SEI A LEGITIMIDADE PARA VOTAR ESSA PEC, MAIS MATO-GROSSO É UM ESTADO PUJANTE TEM DE REALIZAR A CONTENÇÃO DOS GASTOS PÚBLICOS PARA FAZEREM OS AJUSTES NECESSÁRIOS PARA RESOLVER O FLUXO DE CAIXA, MAIS NÃO VENHA PREJUDICAR OS APOSENTADOS E SERVIDORES DO EXECUTIVO COM CONGELAMENTOS DE SALÁRIOS E AUMENTO DA PREVIDÊNCIA EM 14% POR CAUSA DOS ROMBOS DOS GOVERNOS CORRUPTOS E AINDA MAIS AS LEIS DE CARREIRAS E A RGA NÃO TEM NADA A VER COM ATUAL CRISE NAS CONTAS DO ESTADO E SIM OS ESCÂNDALOS COMO DOS MAQUINÁRIOS DA COPA DO MUNDO E A MAIS RECENTE A DA SEDUC E TANTOS OUTROS ESCÂNDALOS.

  • Luis | Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 11h35
    9
    0

    Os deputados estaduais José Domingos Fraga (PSD) e o deputado federal Ezequiel Fonseca (PP), por exemplo, fizeram algumas brincadeiras ao receberem o dinheiro do ex-chefe de gabinete de Silval, Sílvio César Correa Araújo. Ambos receberam cerca de R$ 100 mil. http://www.folhamax.com.br/politica/em-video-deputado-de-mt-teme-que-dinheiro-caia-de-caixa-de-papelao/138477

  • Lucas | Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 11h34
    10
    0

    O deputado chorão do dinheiro na caixa vai relatar. Deve ser para economizar e aumentar o mensalinho;

  • Luis | Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 11h33
    10
    0

    Famoso "guela abaixo"

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS