19 de Setembro de 2017,

Política

A | A

Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 09h:25 | Atualizado:

PATROLAMENTO

Presidente de CPI dispara contra retomada do VLT


Gazeta Digital

cpioscar.jpg

 

Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Obras da Copa do Mundo, deputado estadual Oscar Bezerra (PSB), criticou o secretário de Cidades Wilson Santos (PSDB) por anunciar a retomada das obras do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT).

O presidente da CPI alega que o projeto de resolução da CPI foi colocado na Mesa Diretora nesta semana e deve ser aprovado em 5 sessões ordinárias e na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Posteriormente, o projeto será encaminhado aos órgãos fiscalizadores, como Ministério Público Estadual e Federal, Tribunal de Contas (TCE) que acionarão os responsáveis pelas obras. 

Conforme Oscar, o secretário estaria "patrolando" os trabalhos da CPI que apontou uma série de erros na contratação e execução dos serviços do modal. “ Ficamos mais de um ano trabalhando na CPI para o Wilson dizer que vai ter a obra do VLT mesmo sabendo que erros que foram econtrados e que podem comprometer todo o trabalho. Tudo que foi investigado pode cair por terra coma decisão do Wilson”, disse.

Para que as obras do modal sejam retomadas, conforme explicou Oscar, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) deverá ser firmado entre o governo do Estado e o Tribunal de Contas para que não ocorrer qualquer impedimento futuro. “Temos indícios fortes de vícios com o contrato. Não poderia, por exemplo, ter havido aditivos por causa do Regime Diferenciado de Contratação. São vícios insanáveis”.

Ele lembra que a CPI resultou em 500 mil páginas contendo inúmeros erros. “ Não vamos aceita, ele [Wilson] precisa nos respeitar”.

 

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • bom senso | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 17h10
    0
    1

    O viaduto perto do parque Mãe Bonifácia custou 25 milhões. se ao invés de gastar um bilhão com o vlt o valor tivesse sido utilizado em viadutos, teriamos mais 40 deles na cidade. já pensou que maravilha? andariam ônibus e carros. Ainda há tempo.

  • Edson Lima | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 13h25
    7
    1

    PELO AMOR DE DEUS DEIXA ESSA OBRA SEGUIR EM FRENTE COM OU SEM CPI...MUITOS COMERCIANTES E A POPULAÇÃO JA FORAM PREJUDICADOS DEMAIS POR ERROS POLÍTICOS. AGORA DEIXA A OBRA SEGUIR EM FRENTE..POIS PARADA É PIOR.

  • Rafa | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 13h18
    6
    0

    E que lugar no Brasil uma CPI deu resultado?

  • Luiz cuiabano | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 12h15
    6
    0

    Tá querendo afago,massagem ou faz me rir como diz o povo de Várzea Grande. ...Dá um chega pra lá nele Wilson e retoma sua carreiea de brigador!!!

  • Mario | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 12h00
    6
    0

    Caro Pagador de impostos.Economizar como 1 bilhão,se já foram pagos R$1,066 bilhões. Vamos perder este dinheiro.E vender os Vagões pra quem?.E a parte de sistemas,telecomunicações, subestações, rede aérea de energia,que tá tudo aí e pago.Acho que está idéia sua não é a ideal.O certo é mesmo terminar o VLT.Ok

  • Zeca Tenuta | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 11h43
    2
    1

    Em tempo "pagador de impostos", o dinheiro não foi gasto nas obras do VLT e, sim, desviado para os bolsos dos marginais que tocaram o projeto. É só obrigar todos os que se locupletaram do dinheiro público devolver o que foi roubado, que dá para terminar e ainda sobra dim dim. A pergunta que ninguém responde: Onde estava o TCE que era para fiscalizar a aplicação do dinheiro e a Receita Federal que não achou anormal milhões de dólares passando de bolso em bolso e nada via de incorreto?

  • JEFERSON MATOS | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 10h59
    8
    0

    CPI=CIRCO. Bezerra para de empacar obra do VLT, vai cuidar da sua vida. A CPI da Copa foi a coisa mais inútil dessa Assembléia nos últimos anos.

  • Pagador de impostos | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 10h43
    4
    8

    Se fizerem um plebiscito em Cuiabá e Várzea Grande sobre a retomada do VLT, que vai custar no mínimo 1 Bilhão de reais como divulgado, duvido muito que a população apoie em massa a retomada desta obra. Não seria melhor vender os vagões, fechar os canteiros, economizar esse 1 Bilhão e terminar o Hospital Central? Pavimentar Rodovias? Equipar e reformar as escolas? Eu não vejo um pingo de ansiedade na população pelo término desta obra, só vejo interesses de grupos políticos em morder mais um pouquinho do dinheiro público nesta obra...

  • Mario | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 10h29
    11
    0

    Nobre deputado,no caso do VLT.nunca houve aditivo de valor.O aditivo de prazo sim.Acho que o senhor tá mal informado

  • Tito Paes | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 10h21
    7
    1

    É isso Wilson tem que terminar o VLT parabéns.... Cuiabá está precisando é merece.

  • gideon | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 10h20
    9
    0

    se continuar a desenterrar os problemas do passado o estado continuará travado.....chega disso....dese jeito o estado vai quebrar mesmo

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS