17 de Janeiro de 2018,

Política

A | A

Sexta-Feira, 12 de Janeiro de 2018, 19h:00 | Atualizado:

ESPECULAÇÕES

Taques alega que deputado não entregou liderança na AL

Governador disse que não pensa em substituto para Dilmar dal Bosco


Da Redação

taques-dilmar.jpg

 

O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou que não foi comunicado de uma possível saída do deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM) da liderança do governo na Assembleia Legislativa (AL-MT). Nesta semana, surgiram conversas de que o democrata entregaria a função para se dedicar a campanha às eleições de 2018.

Segundo Taques, os dois estiveram reunidos na noite de ontem e o parlamentar não disse nada sobre uma possível saída do posto. “Ontem eu conversei com o Dilmar as 21h e ele não me falou de saída”, afirmou o governador, durante a assinatura dos contratos de dois dos oito lotes de concessão do sistema de transporte interestadual.

Questionado se ele já teria algum nome em mente, caso a saída realmente se confirme, Taques foi direto. “Eu não posso jantar antes de almoçar. O Dilmar é um grande líder e eu espero que ele fique. Ele não me falou nada”, pontuou.

Dal Bosco pretende sair da liderança do governo. O parlamentar argumenta que quer se dedicar a campanha para a sua reeleição para a Assembleia Legislativa. Segundo ele, por causa da campanha, ele terá que aumentar o número de viagens, principalmente para a sua base eleitoral, em Sinop, e região.

O democrata chegou a "sugerir" que o governador escolha um parlamentar que tenha base na Baixada Cuiabana para representá-lo na Assembleia Legislativa.

 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Cuiabano | Sábado, 13 de Janeiro de 2018, 09h19
    0
    0

    ... é verdade, ele não falou de sua saída da liderança é vce perguntou para ele se vai mesmo sair, nesse mato tem Coelho.

  • José | Sexta-Feira, 12 de Janeiro de 2018, 21h38
    1
    0

    Se ele está mesmo pensando em reeleição é melhor desgrudar do governo... Tenho a impressão que Taques vai capitanear um Bateau Mouche que vai afundar muita gente graúda politicamente nas eleições deste ano. Quem viver verá! Dilmar, vaza enquanto é tempo...

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS